Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Zonas: entenda um pouco mais sobre!

(Resumo sobre as zonas e etc)


As zonas foram á forma encontrada logo depois do "apocalipse" da sociedade sobrevivente conseguir viver em um mundo destruído. As zonas reúnem o que sobrou da civilização humana pós-apocalipse. Ao todo existem 12 zonas, cada zona tem uma "capital", que é a única cidade habitada (com exceção de Iota que tem três cidades). Depois da infestação zumbi, os humanos construíram cidades muradas para sua proteção, muitos até hoje temem e com razão viver fora dos muros das capitais, sendo assim mesmo depois de 200 anos da infestação/maldição ter iniciado cada zona tem um cidade-capital ao total de 12 cidades-capitais; existem outras cidades, todas são muradas, mais nenhuma atingem o poder politico das capitais. Alguns se arriscaram em construir outras cidades, mas os ataques zumbis e muitas vezes os próprios governantes das cidades-capitais as destruíam.
Organização política das zonas
Cada zona é liderada por um príncipe-eleito, que é o responsáve…

Setúmbria - A terra dos mortos

(Breve e simples introdução ao cenário em criação)
Um mundo de fantasia medieval onde os principais inimigos estão mortos. Setúmbria - Terra dos Mortos é um cenário de apocalipse zumbi situado na época medieval. Sim, é um clichê, e sim, gosto muito de zumbis e de fantasia medieval, por isso decidir unir os dois temas em um só, o cenário tem influência dos survival horror, fonte de inspiração advém também do gênero Sword & Sorcerer (Espada e Feitiçaria), que é a base da história. A tentativa é seguir o gênero Fantasia de Horror (com elementos do survival, Sword & Sorcerer, Horror tradicional, Gótico, Dark Fantasy e terror psicológico). A ideia foi de iniciar o apocalipse zumbie, mas logo em seguida fazer com que a população sobrevivente reorganiza-se outra vez, anos depois do evento, recuperando assim a organização politica humana. A história vai ocorrer 200 anos depois da infestação e do apocalipse, os humanos se organizaram politicamente em torno do que chamam de "zonas&q…

ENTREVISTA COM ALYSSON CUNHA

Criador e programador do sistema de mesa online RRPG Firecast, concedeu uma entrevista exclusiva para o blog D6 RPG.
Existe uma frase que ronda os desenvolvedores de software, que aplica neste caso também: Não é porque você consegue fazer algo que você tenha que fazer algo (pois você pode acabar criando coisas inúteis).”
                                                                                                                                                                                 Alysson Cunha

1 – Alysson fale um pouco sobre você, e como é seu dia-a-dia.
   Meu dia a dia é variado! Programo um pouco, leio um pouco, vou à academia, brinco com minha filha, fico com minha esposa, jogo um pouco, etc..
2 – Como conheceu o RPG?    Conheci quando tinha 13 anos de idade. Um novo colega de escola que já jogava há anos RPG resolveu ensinar eu e mais um grupo de quatro pessoas. Jogamos 3D&T em um cenário próprio. Foi uma campanha relativamente longa! Mas morri =/
3 – Qual foi sua e…

BUNDHAMIDAY

Reino de Bundhamidão é o mais novo lançamento da Retropunk Game Design, um mundo totalmente diferente do “normal”, Bundhamidão nasceu com o objetivo de ser uma sátira aos cenários medievais clássicos. A Retropunk projetou um evento para divulgar o novo livro, Bundhamiday como foi chamado, sendo assim, narradores interessados só precisam baixar o Fastplay gratuitamente no próprio site da editora para jogar.

SEJA SÓCIO DO ESPIRITO LIVRE RPG

O Espírito livre RPG está dando mais um passo agora com o lançamento do portal do clube. Através dele novos membros podem se afiliar ao grupo e se unir na expansão e divulgação do nosso amado hobby.

Qual o objetivo do clube? A grande ideia do clube está na possibilidade de reunir mestre/narrador/jogadores de todo o Brasil através do clube. Com a proposta de lançar novos eventos, divulgação do RPG, uso do RPG na educação, parcerias com editoras, sorteios de brindes entre os membros do clube, aquisições de novos  locais para praticar RPG, atração de novos jogadores.